como levar meu cachorro no avião

Todo mundo que ama bichinhos não deseja se afastar deles nem por um momento.

Eles fazem parte do nosso dia a dia e estão conosco o tempo todo. Sabendo disso, na hora de fazer uma viagem aérea, levar o pet junto é uma preocupação necessária. Em viagens mais longas, essa preocupação cresce ainda mais, já que provavelmente será preciso que ele seja transportado em um avião.

Sendo assim, explicaremos aqui como ocorre esse transporte e como agir para que tudo ocorra da maneira certa. Acompanhe!

É preciso avisar com antecedência

Esse é um dos principais passos necessários para que tudo ocorra de maneira correta e segura. A companhia precisa saber com bastante antecedência que terá que transportar os pets. Assim, a organização é feita de maneira prévia.

Na grande maioria dos casos, os bichinhos são levados no porão do avião. Porém, não é preciso se preocupar, já que todo o ambiente é climatizado para que eles não passem frio e nem calor.

No entanto, algumas vezes, quando são pets menores, a companhia permite que ele viaje junto com o dono. Nesses casos é preciso se certificar de que ele esteja em uma caixa bem confortável e que o ambiente seja espaçoso o suficiente para abriga-lo.

É seguro e confortável?

Quando viajam dentro do porão, as caixas dos pets são presas através de cintos e cordas. Dessa forma, não existe a possibilidade das caixas deslizarem e acidentes acontecerem. Além disso, também é norma nas companhias que cada um dos bichinhos tenha seu nome escrito na caixa e que elas sejam forradas com um tapete higiênico.

Caso sua principal preocupação seja o animal estranhar o ambiente ou ficar sem ar, pode esquecer isso. O porão tem a mesma pressurização da cabine, além de ser preparado com luzes, para que tudo fique dentro da normalidade.

Ao chegar no destino, é importante saber que os bichinhos não estarão na esteira. Todas as caixas com os pets são colocadas na área de retirada de bagagens.

Cuidados com a saúde do pet

A viagem de avião com os pets é bastante segura, no entanto, alguns cuidados são necessários para que tudo ocorra bem.

Em primeiro lugar, certifique-se de levar o pet ao veterinário. Apenas ele saberá dizer se o bichinho está preparado para enfrentar a viagem. Afinal, a mudança de pressão quando se está lá no alto é bem repentina e pode causar malefícios a saúde.

Além disso, caso o pet vá viajar no porão, é preciso também pedir algum medicamento ou suplemento que evite a fome durante a viagem. Afinal, isso ajudará a prevenir algum possível mal estar ou enjoo por parte do bichinho.

Outra precaução importante é evitar embarcar muito cedo. Com isso, seu pet fica com você por mais tempo e vai gradativamente se acostumando com a caixa.

Viajar com um animal de estimação pode parecer complicado, mas com as tecnologias atuais, é na verdade muito fácil e seguro. Sendo assim, pode deixar as preocupações de lado e começar hoje mesmo a fazer as suas malas!

Veja também esse post sobre: Posso levar meu cachorro no dentro avião?